Como dar destaque a fachada da sua loja?

By | 2018-06-29T18:21:04+00:00 junho 29th, 2018|Categories: Comunicação Visual|Tags: , , , , |0 Comments

A  vitrine, as cores, a iluminação e o logotipo são apenas alguns fatores que devem ser considerados ao organizar a fachada da sua loja. Para atrair clientes, é necessário planejar o ambiente com bastante cuidado, de forma que ele se destaque da concorrência e eleve a reputação do empreendimento.

É preciso pensar em todos os detalhes do local, sempre levando em consideração o perfil do seu público-alvo. Quer saber como fazer isso? Então, continue conosco e confira nossas dicas para montar e organizar uma fachada de sucesso

  1. Faça fotos da fachada da loja atual (antes e depois)

O planejamento é o primeiro passo para a organização ou construção de uma fachada de sucesso. Nesse sentido, fotografe todo o arredor de sua loja e realize um estudo detalhado do ambiente.

Se for possível, é sempre interessante pedir auxílio de um profissional qualificado para o serviço — designer, publicitário, arquiteto, entre outros. Ele poderá simular diversas cores, logos e disposições de produtos diferentes. Analise as opções que mais se adequam ao perfil do público-alvo e faça um projeto da fachada.

  1. Fique dentro da Lei

Antes de começar as mudanças na sua loja, é importante que você saiba que em muitas cidades existem leis que normatizam as fachadas de estabelecimentos comerciais.

Aqui em salvador, por exemplo, a legislação com base no Decreto nº 12.642/2000 prevê uma série de regras aos lojistas, incluindo o tamanho da placa. Quem não cumprir as regras pode receber sanções, tais como intimação e multa.

É sempre importante conferir junto ao poder público municipal quais são as normas vigentes para instalação de placas e fachadas em sua cidade. Isso vale tanto para as lojas de rua quanto para as que estão localizadas em shoppings e galerias comerciais.

  1. Capriche na Comunicação Visual

O layout e as cores da sua fachada são elementos que devem ser pensados com bastante cuidado. O ideal é que eles sejam escolhidos por um time de publicitários ou especialistas após um estudo sobre o seu público-alvo (classe social, faixa etária etc.).

A seguir, confira alguns pontos importantes sobre a comunicação visual da loja:

  • Logotipo: deve ser pequeno e de fácil memorização;
  • Layout da fachada: precisa ser limpo para não gerar poluição visual, além de priorizar a circulação de clientes dentro do espaço;
  • Cores: na vitrine ou na frente do empreendimento, o ideal é escolher cores neutras para que os produtos sejam realçados.

Se você já possui uma loja, não há a necessidade de mudar todos os elementos gráficos. Nesse caso, você pode investir em uma nova disposição de produtos ou até mesmo em um novo letreiro — esses detalhes podem fazer toda a diferença!

Por exemplo, você sabia que as cores são capazes de disseminar diferentes sensações? Pois é! Ficar ligado nesses detalhes é essencial para construir uma boa fachada.

A seguir, confira o que cada tom tem a dizer sobre o seu negócio, segundo a psicologia:

  • Azul: Honestidade, lealdade, conservadorismo e responsabilidade. É indicada para negócios que desejam passar credibilidade e confiança;
  • Vermelho: Ação e paixão. É mais apropriado para negócios que envolvam velocidade, como fast-foods, postos de gasolina, entre outros;
  • Verde: Segurança, equilíbrio e riqueza. A cor é associada a elementos do meio ambiente, sendo ideal para lojas de móveis sustentáveis;
  • Amarelo: É uma cor bastante estimulante e ligada a elementos jovens, sendo ideal para as empresas que comercializam mobiliários direcionados a um público mais novo;
  • Preto: Sugere sofisticação, elegância e mistério.
  1. Invista em uma boa iluminação

A iluminação é um dos elementos mais importantes de qualquer negócio. Ela deve realçar a loja e os produtos, além de fazer com que as pessoas tenham vontade de entrar.

O ideal é que a luz dê destaque para a sua marca, de forma que a pessoa consiga visualizá-la com perfeição.

  1. De Olho no Comportamento do consumidor

Passar alguns minutos (ou até mesmo horas) estudando o comportamento das pessoas que passam em frente à sua loja pode ser muito útil para o negócio.

Ao fazer isso, preste atenção em algumas questões importantes, como:

  • Para onde cliente em potencial olha em um primeiro momento (para o letreiro, vitrine, interior da loja etc.);
  • O que faz com que ele desvie o olhar enquanto anda;
  • Geralmente, o que o consumidor procura (preço, algum produto específico etc.), entre outras.

É possível que você descubra quais pontos estão dando certo e quais precisam ser modificados. Se o cliente observa o seu letreiro, mas não tem vontade de entrar, por exemplo, pode ser que o problema esteja aí.

Nesse caso, será que ele não está atrativo o suficiente para o perfil do público? Será que passa a ideia de que os produtos são caros quando na verdade não são? Descobrir as respostas desses questionamentos é essencial para reorganizar a sua fachada de forma eficaz.

  1. Loja Limpa é fundamental

Uma loja com poeiras e sujeiras não transmite uma boa impressão. Portanto, para atrair os consumidores, o ideal é deixar tudo bem limpinho. Antes de abrir a loja, varra o chão (inclusive a calçada), passe um pano no vidro e em todos os móveis expostos. Além disso, é importante limpar a placa — ou letreiro — regularmente.

  1. Seja um local envolvente

Receber bem o consumidor é primordial em qualquer empreendimento. Nesse sentido, é importante proporcionar uma boa impressão ainda na fachada.

Investir em um tapete para que o cliente consiga limpar os pés ou colocar um reservatório para guarda-chuvas na entrada do empreendimento também são boas opções.

  1. Saia do Quadrado

Com a concorrência cada vez mais acirrada, é preciso investir em estratégias que destaquem o seu empreendimento, certo? Para fazer isso, é essencial sair do óbvio.

Por exemplo, se a sua loja vende produtos de madeira, que tal colocar um letreiro bem chamativo feito com o mesmo material? Já se o seu negócio também comercializar luminárias e afins, uma boa ideia é apostar em uma iluminação diferente e criativa.

Para ajudá-lo, separamos alguns tipos de fachada interessantes. Confira:

  1. Fachadas em madeira

Resistentes e de fácil instalação, as fachadas de madeira são ideais para as lojas que querem passar aos seus clientes uma aparência mais rústica. Além disso, podem ser ótimas opções para os empreendimentos que vendem produtos feitos desse material.

Entretanto, se esta for a sua escolha, apenas tome cuidado com o tipo de madeira escolhido. Lembre-se de que ela deve ser resistente ao sol e à chuva.

  1. Fachadas com placa de Alumínio Composto

Duráveis e bonitas, as fachadas com placas de Alumínio Composto são indicadas para quem deseja criar um clima sóbrio e elegante. Geralmente, esse modelo é utilizado em estabelecimentos comerciais dentro de prédios, galerias comerciais ou shoppings.

  1. Fachadas de vidro com adesivo

Clássicas e com ótimo custo-benefício, as fachadas de vidro com adesivo são boas opções para lojas de porte pequeno a médio. No entanto, é preciso ter cuidado e escolher letras grandes e chamativas o suficiente para atrair a atenção do consumidor.

  1. Fachadas com letreiro luminoso

Os letreiros luminosos são boas opções para os empreendimentos que abrem à noite ou que estão localizados em áreas com pouca claridade. Dependendo do design escolhido, esse modelo costuma proporcionar um ar moderno e descolado ao ambiente.

  1. Fachadas com aço escovado

Sem dúvidas, o aço escovado é um material que chama bastante atenção e adiciona um brilho diferenciado à fachada, tornando-a sofisticada e de fácil visualização.

Organizar a fachada da loja não é tão difícil quanto parece. Basta escolher um letreiro bonito, dispor os mobiliários de forma correta e investir em estratégias que melhorem a experiência do consumidor.

Já tem o seu projeto?

Entre em contato com os nossos consultores para produzir sua fachada!